3 ações que podem melhorar os resultados da sua produção de tomate
11/11/2020

3 ações que podem melhorar os resultados da sua produção de tomate

Conheça as curiosidades e segredos deste alimento versátil

Sem dúvida, existem alimentos que são verdadeiros coringas e oferecem vantagens tanto para os consumidores quanto para os produtores. Pensando nisso, hoje queremos falar sobre a produção de tomate e citar 3 medidas que podem melhorar suas tarefas de plantação e colheita.

Quer conhecer curiosidades sobre este alimento versátil e entender como ter resultados melhores com ele? Então, continue a leitura e tire suas dúvidas!

Os segredos do tomate

Queridinho dos brasileiros, o tomate é utilizado em saladas, massas ou até consumido cru. Mas, além de servir como acompanhamento ou ingrediente principal para diferentes pratos culinários, ele também proporciona vantagens para a saúde.

De acordo com especialistas, por conta de antioxidantes que ajudam a manter os vasos sanguíneos saudáveis, os tomates ajudam a combater as doenças cardiovasculares.

Do mesmo modo, sua poderosa vitamina A é essencial para auxiliar na redução da catarata.

Por fim, o alimento também tem propriedades diuréticas e estimula a diminuição da retenção de líquidos.

No entanto, queremos destacar algumas curiosidades sobre o tomate. Veja a seguir!

Fruta ou legume?

Para começar, queremos esclarecer uma das principais dúvidas dos consumidores. Afinal, ele é uma fruta ou um legume?

Na verdade, o tomate é um fruto. Pois, ele vem do desenvolvimento do ovário da flor do tomateiro.

E, segundo a ciência, a nomenclatura fruto é dada para estruturas que são desenvolvidas a partir do ovário das plantas.

No entanto, por não ser doce, ele ficou conhecido como legume ou hortaliça, o que não está errado, de acordo com os cientistas.

País de origem

Existe outra grande curiosidade ao redor do alimento. Ao contrário do que muitos pensam, os tomates têm origem na América do Sul e não na Itália.

Portanto, o tomateiro é nativo da região que compreende Peru, Chile e Equador. Aliás, seu nome foi originado na palavra azteca tomatl, que significa “água gorda”.

Conquista dos consumidores

Além disso, engana-se quem pensa que os tomates sempre foram amados. Pois, a história é outra.

No início de sua produção, eles eram menores que um mirtilo e com o tempo começaram a atingir o tamanho de uma cereja, permanecendo assim por muitos anos.

No entanto, mesmo tendo chamado a atenção de muitos europeus do século XVI, o alimento só se difundiu no século XIX.

Porém, no começo ele não era consumido e apenas servia como decoração nas mesas.

Mas, as receitas italianas mudaram o tomate e ajudaram o alimento a atingir o patamar que ele ocupa até hoje.

3 dicas para melhorar a produção de tomate

Atualmente, o tomate é um dos frutos e hortaliças mais cultivados no mundo. Aliás, no Brasil são mais de 4 milhões de toneladas produzidas anualmente, o que garante que o país ocupe a décima posição entre os maiores produtores do alimento.

Mas, mesmo com tanto sucesso, sempre é possível melhorar a qualidade da colheita. Por isso, a seguir vamos listar 3 cuidados para ter uma produção de tomate ainda melhor. Confira!

Escolha bem o local do plantio

Primeiramente, é essencial ter atenção na escolha do local onde será feita a produção de tomate. Afinal, a planta não reage bem ao frio ou ao calor extremo. Portanto, o indicado é encontrar um ambiente com temperatura amena e boa luminosidade.

Além disso, o recomendado é que o solo seja fértil e bem drenável. Pois, este fruto pode apodrecer em terrenos argilosos, que são aqueles que absorvem a água e não drenam.

Realize a irrigação adequada

A irrigação também faz parte de um dos cuidados fundamentais com o tomate. Portanto, o alimento deve receber água em quantidade adequada para se desenvolver corretamente.

Dessa maneira, a plantação de tomate deve ser irrigada pelo menos três vezes por semana, com intervalo de um dia. O importante é deixar o solo sempre úmido.

No entanto, é preciso cuidado. Pois, o encharcamento pode comprometer a planta. Além disso, vale lembrar que quando o fruto nascer, o ideal é reduzir a irrigação para uma vez por semana.

Aposte nos produtos certos

Por fim, antes de terminar o texto, queremos deixar uma dica que pode fazer enorme diferença na sua produção de tomate, que é o investimento nos insumos corretos para o plantio.

Com os produtos certos, você pode ganhar mais produtividade e qualidade no resultado final.

Um bom exemplo de um item que pode ajudar a sua produção é o Nutrisorb, que favorece o desenvolvimento radicular e o processo de absorção ativa de nutrientes.

A solução, que é indicada para o tomate e outras culturas, oferece benefícios como:

• Vida produtiva do cultivo prolongada e frutos com mais qualidade;

• Maior retorno econômico por unidade de fertilizante aplicado;

• Plantas com desenvolvimento vegetativo equilibrado;

• Melhor extração de nutrientes;

• Desbloqueio de nutrientes imobilizados no solo.

Essas são apenas algumas das vantagens do nosso item que, assim como os demais produtos da nossa marca, aumentam a produtividade da cultura, reduzem os danos causados pelo estresse ambiental e deixam as frutas ainda mais saudáveis e saborosas.

Para saber mais e encontrar a solução ideal para o seu trabalho, acesse agora mesmo a nossa página de produtos


Compartilhe:

Subir